cover punta arenas
Roteiros, Viagens

Sul da Patagônia Chilena: Punta Arenas

Depois dos dias no Parque Torres del Paine, voltamos à Punta Arenas para passar dois dias e, em seguida, retornar à Santiago.

Como iríamos devolver o carro que havíamos alugado para ir ao Parque, decidimos nos hospedar no centro da cidade para facilitar a locomoção. Como passaríamos os dias 24 e 25 de dezembro, não tínhamos a pretensão de fazer nada além de descansar e bater perna pela cidade. Em outras datas, além de passear pelos pontos turísticos da cidade, é possível realizar passeios ao Forte Bulnes e pegar um barco até a a Isla Magdalena e Isla Marta para ver os pinguins.

Apesar de ser uma das maiores cidades da região, Punta Arenas é uma cidade relativamente pequena, com cerca de 150 mil habitantes.

Foi fundada em 1848 e abrigou o principal porto de navegação entre os oceanos Pacífico e Atlântico, em razão da sua localização geográfica muito próxima do Estreito de Magalhães, até a fundação do Canal do Panamá em 1914.

Além de suas raízes indígenas e hispânicas, a cidade teve forte imigração croata até a década de 1920 e essa influência é notável nos nomes das ruas, lojas e nos sobrenomes.

Nos hospedamos no Hotel José Nogueira, que fica em um prédio centenário – a casa de José Nogueira e sua esposa, Sara Braun –  importantes figuras históricas da região. O prédio é muito bonito e bem conservado e abriga também o Bar Shackleton, um bar com ares de taverna, assim chamado em homenagem ao explorador anglo-irlandês Ernest Henry Shackleton, que foi um dos principais exploradores da Antártida.

hotel punta arenas

O Hotel fica ao lado da praça Muñoz Gamero, que abriga o monumento à Bernardo O´Higgins (uma das figuras principais da Independência do país), a Catedral da cidade e prédios do governo municipal.

IMG_6229

Essa área da cidade também é bem servida de lojas, bancos, casas de câmbio, agências de viagem locadoras de automóveis e restaurantes. Destaque para a Rua Bernando O´Higgins que concentra a maior parte dos restaurantes da cidade.

No Natal foi um desafio achar um restaurante aberto e que não tivesse preços exorbitantes nesses dias de feriado. Acabamos optando pelo Mesita Grande novamente e não nos arrependemos. Ô lugar bom!

mesita punta

Para a sobremesa, recomendo o La Chocolatta, uma chocolateria que fica no centro da cidade e oferece várias opções de tortas, bebidas quentes, além de alfajores e chocolates para levar pra casa.

chocolateria

A algumas quadras de distância é possível chegar ao calçadão na beira da “praia”, que garante um ótimo lugar para aproveitar o entardecer (ainda que este aconteça às 23h). No dia do Natal, nem o vento polar a 50 km por hora impediu as crianças de estrearem seus patins e bicletas no calçadão da praia.

entardecer punta arenas

Para quem curte arte de rua, é possível encontrar alguns murais e intervenções na cidade.

street art

Punta Arenas conta também com uma Zona Franca que possui várias lojas de perfumaria, bebidas, eletrônicos, etc. Apesar de afastada do centro, é fácil chegar de ônibus, taxi ou taxi comunitário.

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply