Comer bem

Onde comer em Roma: massas, cafés, sorvetes e mais

À primeira vista, comer bem na Itália não parece ser uma tarefa complicada, não é? Acontece em cidades com grande fluxo de turistas – como é o caso de Roma,  a proliferação de restaurantes voltados para turista acaba dificultando um pouco essa missão.

Não pretendo dizer que um restaurante turístico é necessariamente ruim, mas em um país com tanta tradição gastronômica, chega a ser um desperdício arriscar não comer bem. Como dizem os próprios italianos:

La vita è troppo breve per mangiare e bere male

E, olha que na maioria dos casos, o menu turístico nem chega a ser mais barato do que o menu de um restaurante comum,  o negócio é realmente pesquisar algumas boas opções próximas dos seus pontos de interesse na cidade e na hora que a fome apertar já saber para aonde ir.

Eis aqui a minha contribuição para a listinha dos futuros visitantes da Cidade Eterna:

Se você estiver perto do Vaticano: La Zanzara Bistrot

Processed with VSCO with c1 preset

Cacio e Pepe no La Zanzara

O La Zanzara é um restaurante moderninho e descolado no bairro Borgo Vitorio, bem perto do Vaticano. Fica aberto do café da manhã ao jantar. O menu oferece várias opções da gastronomia romana, além de saladas e petiscos. No almoço, fomos de cacio e pepe, uma massa com molho de queijo e pimenta que é típico de Roma.

Processed with VSCO with c1 preset

Acabamos voltando outro dia para o café, que, aliás, foi o melhor capuccino da viagem.

Se você estiver na Estação Termini: Mercato Centrale

Processed with VSCO with c1 preset

Café da manhã tipicamente romano: capuccino e cornetto

Descobri o Mercato Centrale pelo Instagram da Giulia (@omgsomuchcaffeine), que aliás, tem dicas gastronômicas ótimas de Roma. O Mercato fica dentro da Estação Termini e oferece opções para tomar café, almoçar, jantar ou beber. Fomos para tomar café da manhã (delícia, por sinal), mas bateu um sério arrependimento de não ter ido almoçar ou jantar, porque as opções pareciam muito boas.

Se você estiver em Campo del Fiori: Obica Mozzarela

Processed with VSCO with c1 preset

Conheci o Obica por acaso em Milão (veja mais sobre ele aqui). Desde então fiquei com vontade de voltar para provar as tão famosas burratas de lá. Encontrei uma filial do Obica no Campo del Fiori e foi a oportunidade perfeita para provar a burrata e os presuntos e salames da casa. Além dos petiscos, o menu também tem pizzas e outras massas.

Se você estiver em Trastevere: Ristorante Sette Oche in Altalena

A8BE2588-6508-4D55-9762-26495139680C

Bom, se você estiver em Trastevere, boas opções de restaurantes e bares não vão faltar. Antes mesmo de eu pesquisar as boas opções por lá, fiz esse achado espontâneo bem próximo ao hotel que ficamos. O Sette Oche in Altalena é um restaurante com opções tradicionais da cozinha romana, mas com um clima mais jovem e descontraído, tem mesinhas na calçada e também um espaço interno, que lembra uma taverninha. Gostei tanto que voltei duas vezes.

Se você estiver na Estação Ostiense: Eataly

Processed with VSCO with c1 preset

O Eataly (do inglês EAT, comer, e ITALY, Itália) é um grande mercado que reúne alimentos italianos de qualidade, além de utensílios de cozinha, livros e outros artigos relacionados à gastronomia.  Hoje existem 38 filiais do Eataly pelo mundo e a de Roma é simplesmente a maior delas. Além de ser um excelente local para comprar comida italiana para estocar dar de presente, o Eataly também oferece várias opções para almoçar e jantar. O de Roma, por exemplo, tinha restaurantes especializados em massas, peixes, carnes, queijos, além de cervejarias, docerias, sorveterias e por aí vai.

Mas vamos agora ao que realmente importa: o sorvete

Processed with VSCO with c1 preset

A minha teoria sobre os sorvetes italianos é que eles são muito bons para você desperdiçar seu tempo e dinheiro (e calorias) tomando um sorvete que não seja simplesmente um dos melhores. Veja bem, eu não disse o melhor, porque isso é bem controverso e muito pessoal, se for um dos melhores, já está valendo.

Na minha primeira ida a Itália, gostei muito da gelateria Grom. Dessa vez, acabei encontrando poucas filiais em Roma e nem provei, mas esse é um dos que eu recomendaria. Outra gelateria bem popular é a Venchi, que também tem chocolates e crepes.

Fora estes, li boas recomendações de duas gelaterias:

Processed with VSCO with c1 preset

A primeira foi a Gelateria del Teatro, onde provamos o sorvete de chocolate branco com manjericão (estranho, mas boom). Uma boa pedida é passar por lá quando estiver indo visitar o castelo e a ponte Sant´ Angelo.

Processed with VSCO with c1 preset

Provamos também o sorvete do Il Gelato de San Crispino, que ficou especialmente famoso após o livro “Comer, Rezar e Amar” da Elizabeth Gilbert. Além dos sabores tradicionais, lá é possível encontrar opções mais criativas como o gelato de canela com gengibre e o de mel. Gostei dos dois 🙂

 

 

 

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply